Follow by Email

Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

AÇÃO DE RECOLHIMENTO DE EQUINOS EM VIAS PÚBLICAS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO


A cidade do Rio de Janeiro possui uma fauna variada formada por espécies domésticas  e silvestres. Entre as espécies domésticas , é frequente a presença de cavalos, bois e porcos em vias e logradouros públicos. Estes animais, abandonadas ou não por seus proprietários, circulam livres no meio urbano a procura de alimentos , criando situações de risco à saúde da população humana e mesmo à saúde animal  pela possibilidade de transmissão de doenças e de acidentes de trânsito, muitas vezes com vítimas fatais, além de sofrimento e morte animal.

Em comunidades social e economicamente menos favorecidas, e em regiões que ainda possuem características rurais  como a Zona Oeste,  é comum a criação de animais de produção , como cavalos, bois e porcos  como fonte de renda e subsistência familiar , o que determina a sua maior frequência nestas regiões.
Assim, fatores econômicos, sociais, culturais  e ambientais são determinantes para o crescimento destas populações animais na cidade e para o aumento dos riscos e agravos à saúde pública. Atuar na prevenção e controle destes riscos é uma tarefa complexa e envolve ações intersetoriais e multidisciplinares .
A Unidade de Vigilância em Zoonoses Paulo Dacorso Filho atua na  fiscalização e inspeção sanitária de criações destes animais e no recolhimento do animais encontrados soltos nas vias e logradouros públicos da cidade. Recebe também as solicitações da população através do serviço de teleatendimento 1746 da Prefeitura . Em 2013 , até o mês de agosto , foram recolhidos das vias públicas da cidade 387 equinos, 17 bovinos e 57 outros animais sendo suínos e caprinos , totalizando 451 animais destas espécies .
Todos os equinos recolhidos recebem um chip de identificação, e no caso de reincidência no recolhimento ou de acidentes de trânsito podem facilmente ter seus proprietários identificados e responsabilizados .




0 comentários:

Postar um comentário